Entretenimento

1 06/12/2018 16:10

Autor da atual trama da 21h na Rede Globo, Aguinaldo Silva, mandou um suposta indireta para o colega de emissora Walcyr Carrasco em seu perfil no Twitter. Silva comentou na rede social, nesta quinta-feira (6), sobre o uso de tesouras pelas vilãs das novelas. Ele destacou que Nazaré Tedesco, antagonista em “Senhora do Destino”, também de sua autoria, foi a pioneira com uso do objeto como arma. 

De acordo com o Notícias da TV, a motivação do comentário surgiu porque nos capítulos dos dias 14 e 15 de dezembro de “O Sétimo Guardião”, Valentina (Lília Cabral) vai dar uma tesourada em seu rival, Olavo (Tony Ramos). Acontece que em “O Outro Lado do Paraíso”, de Carrasco, a vilã Sofia interpretada por Marieta Severo destacou-se também pelo o uso do objeto cortante para a prática ou tentativa de assassinatos durante toda a história. 

“Lembrem-se que a pioneira no uso da tesoura foi Nazaré Tedesco, em Senhora do Destino (2004). Depois disso ela teve várias seguidoras. O objetivo de Valentina ao "tesourar" Olavo é prático e objetivo: ela quer provar para ele que a água da fonte tem propriedades curativas”, escreveu o global. 

Aguinaldo Silva e Walcyr Carrasco não possuem um bom relacionamento. Desde 2011, ambos os autores trocam ofensas e acusações, entre elas, críticas a tramas um do outro e “roubo” de ideia de personagens.

No entanto, apesar de reclamar o pioneirismo de sua personagem com as tesouradas, internautas desmentiram as declarações de Aguinaldo. Em várias tweets abaixo da publicação do autor, perfis provaram que o profissional pioneiro com o uso de tesoura pelas vilãs foi Manoel Carlos. Em 1997 na novela “Por Amor”, a vilã Branca, interpretada por Susana Vieira já tocava o terror com o objeto.

Bahia Notícias







Av. Rio Branco, nº 741- Centro - Canavieiras/BA. CEP - 45.860-000
Tel.: (73) 3284-3905 | 9 9900-9930 (Whatsapp) - A Comunicação na Era Digital
© 2010 - Rádio Costa Sul FM - Todos os direitos reservados.