Entretenimento

1 24/03/2020 17:10

Há 35 anos, era lançada "We Are the World", união dos grandes nomes do pop para combater a fome na África. No início do mês, quando o aniversário do hino foi comemorado, não foi cogitada nenhuma ação, mas isso mudou, diz o autor Lionel Richie.

“Duas semanas atrás, nós dissemos que não queríamos mexer nisso [a música] porque não é a hora de vender algo assim. Mas a mensagem é tão clara", contou Richie.

Agora, no entanto, com tantas vítimas do coronavírus, isso deve mudar. Desde o início da pandemia, o autor pensou em escrever outra música, já que uma gravação em grupo, nos moldes da que foi feita nos anos 1980, é inconcebível devido ao distanciamento social.

No entanto, ele não conseguiu avançar em uma novidade. "Toda vez que eu tento escrever outra mensagem, eu escrevo aquelas mesmas palavras", afirma.

À época, foi arrecada a quantia de US$ 63 milhões. Michael Jackson, Cyndi Lauper, Kenny Rogers, Diana Ross e outros 40 nomes de primeira grandeza gravaram a música.

Outra iniciativa semelhante ocorreu há 10 anos para conseguir juntar fundos para as vítimas do terremoto do Haiti.

Metro Jornal







Av. Rio Branco, nº 741- Centro - Canavieiras/BA. CEP - 45.860-000
Tel.: (73) 3284-3905 | 9 9900-9930 (Whatsapp) - A Comunicação na Era Digital
© 2010 - Rádio Costa Sul FM - Todos os direitos reservados.