últimas notícias

Notícias

1 12/10/2019 14:42

Em reunião realizada no Auditório do Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães (COMLEM), na Rua Augusto Severo Centro de Canavieiras no Sul do estado, durante esta manhã de sábado (12), foi montado o grupo “S.O.S MANGUE MAR DE CANES”.

Na ocasião se fizeram presentes, representantes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Associação Mãe dos Extrativistas (AMEX), Colônia Z20, Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, pescadores de camarão, jangadeiros, extrativistas e demais cidadãos de Canavieiras.

O objetivo desta reunião, foi debater sobre o risco iminente das manchas de óleo atingirem o nosso litoral e consequentemente os manguezais canavieirenses, afetando radicalmente a fauna e flora de nosso ambiente de estuário.

Animais marinhos podem morrer caso fizerem a ingestão ou até mesmo se entrarem em contato com o material líquido que é bastante viscoso e gruda em seus corpos comprometendo os seus movimentos.

Nos humanos o material tóxico pode causar alergias e até mesmo intoxicação.

As referidas manchas de óleo foram detectadas inicialmente em praias do Rio Grande do Norte em 4 de setembro, sendo que no dia 11 de outubro alcançaram praias de Salvador distante há 300 quilômetros de Canavieiras (em linha reta pelo Oceano Atlântico).

Hoje, o número de municípios afetados chega a 61, nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

O grupo S.O.S MANGUE MAR DE CANES, elaborou um plano de ação para agir caso o óleo se aproxime muito do Município (o alerta vermelho é o litoral de Ilhéus também no Sul do estado). O plano consiste em “COMUNICAÇÃO” com a comunidade geral, empresários e órgãos estatais, “MONITORAMENTO” feito no Oceano e praias da região, “AÇÃO NO MAR” de monitoramento, acionamento das autoridades e remoção de óleo através de boias de contenção, “AÇÃO NA PRAIA” de monitoramento e remoção do óleo caso este atinja a faixa de areia.

Foram também apresentados possíveis locais onde pode ser armazenado o petróleo recolhido. Como também embarcações e veículos para auxiliar na limpeza do Mar, Rios e praias.

De imediato o monitoramento já teve início, e todo cidadão pode e deve acionar os órgãos competentes caso identifique alguma mancha de óleo.

Os telefones disponíveis: 3284-3971 - ICMBio, 3284-1105 - Secretaria Municipal de Meio Ambiente, 3284-2017 - AMEX, e 3284-2170 - Colônia Z20.

 

Por Augusto Teixeira.







Av. Rio Branco, nº 741- Centro - Canavieiras/BA. CEP - 45.860-000
Tel.: (73) 3284-3905 | 9 9900-9930 (Whatsapp) - A Comunicação na Era Digital
© 2010 - Rádio Costa Sul FM - Todos os direitos reservados.