Notícias

1 21/11/2019 12:13

Dois foram presos, um fugiu e outro morreu.

Após o desaparecimento do mascate Manuel Pereira de Souza no sábado (09) de novembro quando saiu de sua casa em Santa Luzia para fazer uma entrega em Hermelândia no Município de Canavieiras, os seus familiares e as forças policiais não tem medido esforços no objetivo de encontrar Belisco como era chamado.

Os policiais da 62ª Companhia Independente de Polícia Militar (62ª CIPM) Santa Luzia, com apoio de 04 guarnições da Companhia Independente de Policiamento Especializado Cacaueira (Cipe-Cacaueira), foram até o distrito de Hermelândia, após receberem denúncias de que suspeitos de envolvimento no latrocínio e ocultação de cadáver de seu Manuel estariam circulando livremente pelo local, ostentando armas de fogo e comercializando entorpecentes.

Quando os agentes da PM entraram em contato com a Delegacia Territorial de Canavieiras para aprofundar as informações a respeito dos suspeitos; Renato, Fernando Ivan E Wiliam, o delegado de Polícia Renato Fernandes, confirmou que os homens fazem parte de um bando que atua em crimes de roubo de veículos, tráfico de drogas e homicídios na região.

Renato Batista Melo de 29 anos é apontado como o líder do grupo, este, já havia sido indiciado por tráfico de drogas, porém conseguir fugir. Na ocasião, quatro pessoas foram autuadas por tráfico em sua Fazenda.

O Delegado de Canavieiras, enviou dados e fotografias do homem aos agentes da CIPE Cacaueira, todavia quando Renato foi encontrado pelos policiais, ele resistiu à prisão e atirou contra os homens da lei, um confronto teve início e durante o embate, Renato acabou sendo morto, com ele foi encontrado um revólver calibre 38.

Ainda durante as buscas pelos suspeitos, Ivan Silva Santos de 25 anos, foi preso em casa, o homem portava uma quantidade de drogas e um caderno de anotações, ele afirmou as autoridades que trabalhava para Renato.

Um outro suspeito, Fernando Jesus Ferreira também foi preso, com ele foi encontrada uma arma artesanal, uma certa quantidade de drogas embaladas para venda e também um celular. Quando foi realizada a averiguação do aparelho, foi constatado que o dispositivo pertencia a vítima desaparecida.

Fernando afirmou que comprou o celular de um homem desconhecido há dez dias, ele disse ainda que existia um quarto integrante no grupo, o “WILLIAM de tal”, mas quando a polícia chegou na casa de William, este já havia fugido pela mata.

Os suspeitos e todo o material apreendido, foram apresentados na DT de Canavieiras para adoção das medidas cabíveis.

 

Da Redação.







Av. Rio Branco, nº 741- Centro - Canavieiras/BA. CEP - 45.860-000
Tel.: (73) 3284-3905 | 9 9900-9930 (Whatsapp) - A Comunicação na Era Digital
© 2010 - Rádio Costa Sul FM - Todos os direitos reservados.