últimas notícias

Notícias

1 12/09/2020 16:09

A AstraZeneca e a Universidade de Oxford anunciaram neste sábado (12)n a retomada dos testes da candidata a vacina contra a Covid-19, após a confirmação Autoridade Sanitária do Reino Unido (MHRA) de que era seguro fazê-lo.

No início da semana, a farmacêutica britânica anunciou a suspensão dos testes globais de candidata após de surgir uma doença em um participante dos estudos no Reino Unido.

O Brasil é um dos países do mundo que participa do estudo global. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou neste sábado (12) que foi informada pela Universidade de Oxford sobre a autorização para a retomada dos testes, mas que até o momento não foi comunicada oficialmente pela MHRA, responsável por esta autorização.

O governo brasileiro assinou um memorando de entendimento com a AstraZeneca, por meio do Ministério da Saúde e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que prevê a compra de 30 milhões de doses da vacina, com entrega em dezembro deste ano e janeiro do ano que vem, e a possibilidade de aquisição de mais 70 milhões se a vacina tiver eficácia e segurança comprovadas.

Além disso, o acordo inicial prevê a transferência da tecnologia desenvolvida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório AstraZeneca para produção local na Fiocruz, com previsão do ministério de início ainda no primeiro semestre de 2021.







Av. Rio Branco, nº 741- Centro - Canavieiras/BA. CEP - 45.860-000
Tel.: (73) 3284-3905 | 9 9900-9930 (Whatsapp) - A Comunicação na Era Digital
© 2010 - Rádio Costa Sul FM - Todos os direitos reservados.