Entretenimento

1 21/04/2022 11:01

O advogado do ator Alec Baldwin publicou um comunicado no Instagram do ator, nesta quinta-feira (21), afirmando que seu cliente foi inocentado na investigação sobre o disparo acidental no set de gravação do filme “Rust”, que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins, no ano passado.

“Somos gratos ao Departamento de Saúde e Segurança Ocupacional do Novo México por investigar este assunto. Apreciamos que o relatório exonere o Sr. Baldwin, deixando clara sua crença de que a arma continha apenas munições falsas”, escreveu o advogado.

Ele ainda afirma que o relatório reconhece que “a autoridade do Sr. Baldwin na produção foi limitada à aprovação de mudanças no roteiro e à equipe criativa”.

De acordo com o advogado, as autoridades reconheceram que Baldwin não era responsável pela equipe que cuida dos elementos cenográficos do set, como o revólver que matou Hutchins.

“Estamos satisfeitos que os funcionários do Novo México tenham esclarecido essas questões críticas. Estamos confiantes de que os indivíduos identificados no relatório serão responsabilizados por esta tragédia”, conclui o comunicado.

As autoridades do estado americano do Novo México multaram a produtora Rust Movie Productions LLC, responsável pelo filme “Rust”, no valor máximo possível e fizeram críticas à empresa por lapsos de segurança “intencionais” que levaram à morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins.

Uma investigação da agência de segurança do estado, que multou a empresa em 137 mil dólares, descobriu que a empresa de produção sabia que os procedimentos de segurança de armas de fogo não estavam sendo seguidos e demonstrou “plena indiferença” aos riscos, disse o Departamento de Meio Ambiente do Novo México em comunicado.

“Este trágico incidente nunca teria acontecido se a Rust Movie Productions, LLC tivesse seguido os padrões nacionais da indústria cinematográfica para segurança de armas de fogo”, disse o secretário do Gabinete de Meio Ambiente, James Kenney, em comunicado à imprensa.

Hutchins foi morta em outubro, quando um revólver com o qual o ator e produtor Alec Baldwin estava ensaiando enquanto filmava no Novo México disparou uma bala ao vivo que atingiu ela e o diretor de cinema Joel Souza. Souza foi ferido, mas sobreviveu.

 

Fonte: CNN

 







Av. Rio Branco, nº 741- Centro - Canavieiras/BA. CEP - 45.860-000
Tel.: (73) 3284-3905 (Whatsapp) - A Rádio que você ouve, a rádio que você FAZ!
© 2010 - Rádio Costa Sul FM - Todos os direitos reservados.