últimas notícias

Esportes

1 01/07/2022 11:34

Fifa anunciou nesta quinta-feira (30) que vai usar uma nova tecnologia para marcações mais rápidas e eficientes de impedimento na Copa do Mundo de 2022 no Catar. O novo equipamento se chama impedimento semiautomático e a expectativa é que os lances mais difíceis sejam resolvidos em 20 ou 25 segundos, bem abaixo da média atual que é de 70 segundos.

Para o impedimento semiautomático funcionar, as bolas do Mundial terão um sensor instalado no centro da esfera, que permitirá saber com exatidão o momento que houve contato com o jogador. Além disso, as 12 câmeras posicionadas no estádio, conectadas com a pelota, que vão rastrear cada atleta e localizarão 29 possíveis pontos de contato do corpo com a redonda, 50 vezes por segundo. Sempre que houve alguém em posição irregular e participar no lance, uma luz vai acender na cabine do VAR para um operador exclusivo do equipamento.

Com a nova tecnologia, as linhas traçadas não serão mais usadas. O equipamento vai gerar uma animação em 3D, que vai facilitar na tomada de decisão do impedimento. A imagem não será restrita aos árbitros do VAR, elas serão exibidas ao público através dos telões do estádio e nas transmissões da TV, mas não necessariamente logo após o lance. Ela deverá aparecer na próxima interrupção do jogo.







Av. Rio Branco, nº 741- Centro - Canavieiras/BA. CEP - 45.860-000
Tel.: (73) 3284-3905 (Whatsapp) - A Rádio que você ouve, a rádio que você FAZ!
© 2010 - Rádio Costa Sul FM - Todos os direitos reservados.