últimas notícias

Notícias

1 14/01/2022 09:17

A Polícia Federal (PF) apurou que as últimas ameaças de morte a diretores e servidores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) têm a atuação de grupos diferentes. A cúpula da agência reguladora recebeu mais de 150 e-mails depois de ter aprovado o uso da vacina contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos.

A apuração da PF do Distrito Federal já identificou que os ataques, feitos em dias e tempos diferentes, têm várias frentes — diferentemente do que aconteceu no primeiro caso, quando os investigadores concluíram que o crime foi cometido por um homem do Paraná contrário à vacinação de crianças contra a Covid-19.

Nesse caso, a Polícia Federal concluiu que houve crime de ameaça em e-mails enviados a diretores da Anvisa, e a Procuradoria da República no Distrito Federal denunciou o homem à 15ª Vara Federal de Brasília.

As ameaças a integrantes da agência se sucedem desde novembro, mas se intensificaram após a estatal autorizar, em 16 de dezembro, o uso de doses pediátricas da vacina da Pfizer no público infantil.

 

Fonte: Bahia.ba







Av. Rio Branco, nº 741- Centro - Canavieiras/BA. CEP - 45.860-000
Tel.: (73) 3284-3905 (Whatsapp) - A Rádio que você ouve, a rádio que você FAZ!
© 2010 - Rádio Costa Sul FM - Todos os direitos reservados.