Notícias

1 20/07/2018 17:50

O presidente Michel Temer afirmou em entrevista à emissora RTP de Portugal que restringirá a participação dele nas eleições deste ano para não "agredir" quem apoiou o governo. Ele ainda afirmou que atuará "na medida do possível", tomando "muito cuidado” nos estados onde há divergência entre partidos aliados.

"Se eu participar demais [da campanha], eu estarei agredindo aqueles ou parte daqueles que me apoiaram durante o governo. Então, eu exercitarei a Presidência da República e, na medida do viável, do possível, e daquilo que não prejudique naturalmente a governabilidade, eu participarei”, ressaltou.

No final da entrevista Temer ainda citou as divergências que deve haver entre partidos aliados do governo em disputas estaduais nas eleições.

"Eu sei que nas localidades, especialmente na eleição para os governantes locais, para deputados federais, deputados estaduais e senadores, haverá uma divergência e nessa divergência eu preciso tomar muito cuidado", completou.

Tribuna da Bahia







Av. Rio Branco, nº 741- Centro - Canavieiras/BA. CEP - 45.860-000
Tel.: (73) 3284-3905 | 9 9900-9930 (Whatsapp) - A Comunicação na Era Digital
© 2010 - Rádio Costa Sul FM - Todos os direitos reservados.