Notícias

1 17/07/2019 11:17

O mau cheiro, os cachorros e urubus que aparecem no local incomodam os cidadãos

Um morador da Rua Vereador José de Oliveira Araújo, no bairro Antônio Ozório, em Canavieiras, reclama do acúmulo de lixo jogado ao lado de sua casa. Segundo ele, o local esta se tornando lugar comum de descarte de rejeitos; o terreno virou lixão a céu aberto. O homem fez contato com a Costa Sul FM através do aplicativo de mensagens instantâneas What’sApp.

De acordo com o cidadão, o gari (pessoa contratada por órgão municipal encarregado da limpeza pública), por não ter onde descartar o lixo em local adequado deposita o material em frente ao muro de uma torre de telecomunicação.

O gari aqui dessa rua toda vez que juntava o lixo jogava na esquina, só que a prefeitura tirou esse lixo de lá através de uma requalificação; resultado, sem ter onde fazer o descarte ele esta jogando o lixo em frente ao muro de uma torre ao lado da minha casa”, disse.

Ainda na mensagem, o morador relata que o descarte irregular esta estimulando outras pessoas da mesma rua a fazerem a mesma coisa. Ele também reclama do mau cheiro e dos animais que rasgam as sacolas e espalham sujeira.

As pessoas agora começaram a jogar sacolas de lixo, além do mau cheiro, cachorros rasgam as sacolas, esta juntando urubus. Esta ficando uma bagunça danada ao lado da minha casa”, reclama.

Antes de encerrar o contribuinte pede ao responsável pelo setor de limpeza publica que tome um providencia o mais rápido possível e providencie um local adequado para o gari poder fazer seu trabalho.

Eu queria que o responsável pela limpeza providenciasse outro local para esse gari jogar o lixo”, concluiu.

Segundo informações do site Pensamento Verde, o descarte irregular gera, além desperdício de dinheiro publico, doenças ao homem.

Confira a baixo:

Problemas causados pelo descarte inadequado do lixo

Alagamentos e inundações

O descarte inadequado de lixo é uma das principais causas de alagamentos e inundações nas grandes cidades. Isso porque resíduos sólidos jogados em vias públicas e em cursos d’água (canais, córregos, rios) impedem o escoamento rápido das águas pluviais. Com isso, a ocorrência de enchentes aumenta consideravelmente.

Aumento da poluição

O lixo, quando jogado em vias públicas ou depositado ilegalmente em áreas particulares e aterros clandestinos, polui o solo e lençóis freáticos, afetando a flora e a fauna do local. Dependendo do grau de contaminação e do tipo de contaminantes presentes, este problema coloca em risco a saúde pública.

Desperdício de dinheiro público

O descarte irregular de lixo aumenta os gastos públicos dedicados à limpeza urbana. Isso porque a prefeitura, que já gasta com a coleta e destinação final dos resíduos sólidos, é obrigada a alocar mais verbas no setor de limpeza urbana para recolher os detritos das vias públicas que foram descartados inadvertidamente pela população.

Desvalorização de imóveis

Bairros em que os moradores e comerciantes não prezam pela limpeza de vias públicas, praças e terrenos particulares, perdem valor imobiliário. São considerados “terra de ninguém”, onde as pessoas se sentem à vontade para descartar lixo, entulho, mobília e materiais em qualquer lugar. Isso favorece a proliferação de roedores e insetos, além de favorecer as enchentes, prejudicando a saúde dos próprios moradores e comerciantes.

Obstrução de vias públicas

Depositar entulho em vias públicas prejudica o trânsito de pedestres, ciclistas e até de veículos, o que pode causar inúmeros acidentes de trânsito. Além disso, há o risco de queda ao tropeçar em restos das podas de jardins e entulhos da construção civil. Para idosos, gestantes e portadores de necessidades especiais, essas vias representam um grande risco.

Prejuízos ao turismo

Uma cidade turística suja acaba perdendo visitantes e a oportunidade de impulsionar a própria economia. A limpeza pública é um dos quesitos mais importantes na hora de vender a imagem de uma cidade que vive do turismo, e um viajante mais exigente acaba escolhendo outro destino para a próxima viagem.

Saúde pública

O descarte inadequado de lixo prejudica a qualidade de vida da população que habita a cidade: os resíduos contaminam o solo e a água, favorecem a proliferação de mosquitos, ratos, escorpiões, entre outros insetos e animais peçonhentos. Basta um recipiente plástico jogado em um terreno, por exemplo, para que seja formado um verdadeiro criadouro de mosquitos da dengue, zika e chikungunya.

 

Costa Sul FM







Av. Rio Branco, nº 741- Centro - Canavieiras/BA. CEP - 45.860-000
Tel.: (73) 3284-3905 | 9 9900-9930 (Whatsapp) - A Comunicação na Era Digital
© 2010 - Rádio Costa Sul FM - Todos os direitos reservados.