Notícias

1 01/03/2016 19:00

A combinação de preço acessível com flexibilidade impulsiona o crescimento dos cursos de graduação online pelo país, modalidade que já responde por 17,1% dos alunos matriculados no nível superior – o equivalente a 1,3 milhão de estudantes. É o que mostra análise inédita do portal EAD em parceria com a Educa Insights baseada em dados da própria consultoria e do INEP.

Segundo o levantamento, 85% dos alunos vêm de escola pública. A mensalidade custa, em média, R$ 260. “É um valor até 60% menor que o investimento feito na graduação presencial, fator decisivo nesse momento de crise econômica e de cortes de programas sociais por parte do Governo”, afirma Fernanda Lapidus Hecht, gerente do site.

A maioria dos alunos é financeiramente independente, conforme indicam dados da Educa Insights: 87% trabalham e 83% pagam a própria mensalidade. “A flexibilidade de horários do EAD facilita a vida dos estudantes que já têm um emprego”, diz Fernanda. Além disso, 55% desses alunos têm 31 anos ou mais e são, na sua maioria, do sexo feminino - 67% são mulheres.

A cada dez matrículas no ensino a distância, nove são efetivadas em universidades privadas. Também a cada dez, quatro são destinadas à licenciatura. 

Tribuna da Bahia







Av. Rio Branco, nº 741- Centro - Canavieiras/BA. CEP - 45.860-000
Tel.: (73) 3284-3905 | 9 9900-9930 (Whatsapp) - A Comunicação na Era Digital
© 2010 - Rádio Costa Sul FM - Todos os direitos reservados.